Ela não disse nada. Agachou-se, desabotoou meu jeans surrado e me chupou. Mas fez com tal zelo e ternura, com tamanha dedicação e apreço, que se fosse um poeta, seria Camões; se fosse um livro, seria Lolita e se fosse um jardim, Jetsemani estaria lapidado em verniz logo na entrada do parque, entre arvoredos. Jetsemani, a chupadora de pirocas de ferro.
Heitor Henrique in Jetsemani. (via rotineiro)

palavrasfrias:

Uma dose de whisky no início da noite. Um filme de ficção. Um cigarro. Isso não vai fazer a dor passar, eu sei. Foda-se. Mas é só o que eu posso fazer, por agora. Ignorá-la. Diminuí-la. Tentar fazer parecer só mais uma noite normal. Eu sei que o telefone não vai tocar, então nem me preocupo em mantê-lo perto de mim. A porta está destrancada, mas ninguém vai aparecer. Na verdade, esse tipo de noite já é uma noite normal. Eu já sei exatamente o que vai acontecer. O filme vai acabar, logo. Vou buscar mais gelo. Vou acender outro cigarro. E vai bater uma tristeza… Não vou chorar. Convenci a mim mesmo — não vale a pena. O que eu faço a seguir é engolir essa saliva melancólica em silêncio, quieto. Deixo-a passar pela garganta como café frio. É ruim. Mas não tenho nada melhor. 

  Wallacy Wagmacker

Bebi você o dia inteiro.

Gosta de problemas? Sou um conjunto deles.
Entre Outubros (via frase-de-livro)
Imagine sorrir depois de levar um tapa na cara. Agora imagine fazê-lo vinte e quatro horas por dia.
A Menina Que Roubava Livros (via n-o-v-o-h-e-r-o-i)
Os bêbados das três horas da manhã, em todos os Estados Unidos, fitavam as paredes, depois de terem finalmente desistido. Não era preciso ser bêbado para se machucar, para cair sob a mira de uma mulher; mas a gente podia se machucar e se tornar um bêbado. Você podia pensar por algum tempo, sobretudo quando era jovem, que estava com sorte, e às vezes estava mesmo. Mas havia todo tipo de médias e leis em ação das quais você nada sabia, mesmo quando imaginava que tudo ia indo bem. Uma noite, uma quente noite veranil de quinta-feira, você se tornava o bêbado, você estava lá fora sozinho num quarto de aluguel barato, e por mais que tivesse visto isso antes, não adiantava, era até pior, porque você tinha pensado que não teria que enfrentar aquilo de novo. A única coisa que podia fazer era acender mais um cigarro, servir outra bebida, examinar as paredes descascadas em busca de olhos e lábios. O que homens e mulheres se faziam uns aos outros estava além da compreensão.
Charles Bukowski. (via regou)
E mesmo que tudo dê errado, mesmo assim, não tem problema. Eu deito no telhado de uma casa qualquer, olho pro céu e invento uma nuvem que chove sorrisos, bem em cima de mim.
Los Hermanos. (via nobroke)
É impressionante o que você pode esconder só com um sorriso.
Demi Lovato. (via incorpora)